Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2007

AMAduraR

Sei como é difícil mudar
por mais errado que se esteja,
há sempre o peso da rotina,
da necessidade instalada em nossas vidas.

Já não nos basta o simples ar para respirar,
nem nada poderá nos saciar esta sede,
nem matar esta fome.

Não passamos destas meras latas de consumo,
drogas que nos viciam desde a raiz
até ao mais alto desta atmosfera artificial.

Mas, a vida é uma batalha sem fim,
uma busca infrutífera de força e coragem
numa luta por aquilo que somos,
aquilo que queremos,
aquilo que achamos justo.

Contruindo uma vida
dando sentido ao tempo
nesta passagem súbita
que deixamos na terra.

Tudo é real
e está nas nossas mãos.

Amar não é transformar
nem aceitar...
Amar é amar,
acreditar na mudança...

Viver é esperança.
 
Manuel Neves
Índice:
publicado por A flor da pele às 21:45
link do post | comentar | favorito

"Aquele que possui o teu tempo, possui a tua mente.
Muda o teu tempo e mudarás a tua mente.
Muda a tua mente e mudarás o mundo."

(José Argüelles)

translações

Amanhecer (te)

Recauchutado

AMAduraR

Amor e carne...

Poeta sem classe

Isto!

Amar sem tempo...

Sem ti

Amar (te)

A folha branca

memorandum

Índice

poesia

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds