Sexta-feira, 7 de Dezembro de 2007

Isto!

Eu não queria escrever assim,
quando a dor e a raiva se misturam;
e as cores perdem sua luz;
e as vidas como velas
se esfumam
e apagam...

Não, eu não queria este momento
em que o tempo se recusa a passar
e me tortura como um açoite cruel
sem amor nem razão...

Não queria escrever isto.

 

Manuel Neves

Índice:
publicado por A flor da pele às 21:41
link do post | comentar | favorito

"Aquele que possui o teu tempo, possui a tua mente.
Muda o teu tempo e mudarás a tua mente.
Muda a tua mente e mudarás o mundo."

(José Argüelles)

translações

Amanhecer (te)

Recauchutado

AMAduraR

Amor e carne...

Poeta sem classe

Isto!

Amar sem tempo...

Sem ti

Amar (te)

A folha branca

memorandum

Índice

poesia

todas as tags



blogs SAPO

subscrever feeds